17 de out de 2009

Amor sem idade

O coroa, rico pra caramba, 75 anos nas costas leva a namorada gatíssima pro motel para comemorar o seu vigésimo primeiro aniversário.
- Isto é para você - diz ele, entregando-lhe uma caixinha.
- Ai que lindo! - era um colar de esmeraldas.
- E isto também é pra você, minha querida!
Outra caixinha.
- Nem sei o que dizer! - era um anel de brilhantes.
- Não diga nada, apenas faça!
E ela fez tudo o que sabia! No final, olhando para o teto, comentou:
- Amor, você me acha muito cara?
- Minha querida, mulher pra minha idade ou é cara ou é coroa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário