11 de mar de 2010

Manual do irrittante no cinema


1 – Conte o que está acontecendo na tela para seu filhinho de quatro anos imaginário usando aquela voz irritante que as pessoas usam para falar com crianças.
2 – Se o filme for legendado, leia a legenda bem alto e cometa erros durante a leitura.
3 – Coma pipoca fazendo bastante barulho e a cada 5 minutos finja que está engasgado.
4 – Fale com os personagens. Tipo: “não entra aí, sua burra! Ele está atrás dessa porta!”.
5 – Quando ela entrar lá, grite que a avisou e a chame novamente de burra.
6 – Invente um final para o filme e comente-o na fila. “Fiquei muito decepcionado quando mataram o filho do protagonista. Matar crianças não é legal”. Diga isso especialmente se o protagonista tiver um filho, desde que ele não morra no final. A pessoa vai ficar brava com você o filme inteiro, para só então perceber que foi enganada.
7 – Em momentos de extremo suspense, do nada quando a musiquinha estiver bem baixa o o susprense tiver ao extremo: grite e saia correndo. Depois volte como se nada tivesse acontecido.
8 – Coloque um óculos escuro e fale para a pessoa que está sentada ao seu lado que você é cego, diga bastante empolgado que é a primeira vez que vem ao cinema sozinho e pergunte se ela pode falar como os personagens estão vestidos, dar características dos lugares que eles estão e outras coisas do tipo.
9 – Se for um filme daqueles bem deprês, nas cenas em que todo mundo está chorando, comece a rir bem alto e depois tente puxar uma ola comemorando a morte do personagem.
10 – Se tudo falhar, fique pelado e tente puxar uma ola novamente. Agora vai!

Peguei aki: LARANJA TÓXICA

Nenhum comentário:

Postar um comentário