9 de set de 2010

O Vídeo-game e o Casamento

Ontem fiz uma comparação no twitter (APROVEITANDO A BRECHA PRA AUTO-PROMOÇÃO, SIGAM AÊ @daniellukan) entre o vídeo-game e o casamento, no tweet eu dizia “Alguns anos atrás o meu sonho era ter um Playstation 2. Hoje, o último jogo que comprei já tem um ano e até agora não saiu da capa.” e em seguida lancei outro tweet perguntando se isso poderia ser uma metáfora sobre o casamento. Andei pensando nessa comparação e cheguei à conclusão que sim, isso era uma metáfora e aprofundando mais, cheguei a maiores conclusões sobre o assunto. 
Então farei uma comparação entre minha vida de jogador de vídeo-game e uma vida de casado (que nunca tive).  O meu primeiro vídeo-game foi um Super Nintendo que foi uma ‘relação’ de uns 4 anos, esses anos de Super Mário, Super Star Soccer e Top Gear deixaram os meus primeiros calos na mão (no casamento seriam os filhos); nos final desses anos, eu já não tinha mais interesse em jogar, já começava a freqüentar fliperamas (relações extraconjugais) para jogar a novidade, o Playstation 1. No final desse tempo, me livrei de vez do SN e ganhei o Playstation 1, foi toda aquela maravilha novamente, horas jogando, todos os dias, jogos novos todos meses e mais calos aparecendo na mão, enquanto os adquiridos na fase SN iam crescendo.

Mais 5 anos se passaram, o interesse já não era tão grande, jogava apenas algumas horas por semana e olhe lá. E então começou tudo de novo, conheci o Playstation 2, novamente eu ficava horas por dia no fliperama gastando meu dinheiro com aquela novidade, sonhava me livrar daquele Playstation 1 velho e que já não me dava tanto prazer.  Então, quase que numa explosão, todos os meus amigos tinham um Playstation 2 e eu joguei em todos (fura olho). Quando eu tinha certeza de que a grama do vizinho era melhor, vendi aquele Playstation 1 e o troquei por um Playstation 2, esse foi o melhor de todos, 12 horas seguidas jogando, todos os jogos possíveis, e foram mais ou menos 4 anos sem nenhuma diminuição desse ‘tesão’. Hoje, apesar de ainda jogar com mais freqüência do que jogara o Super Nintendo e o Playstation 1 depois de tanto tempo, o interesse já está muito baixo, como já disse o último jogo que comprei já tem 1 ano e até hoje eu não tirei nem da capa. Já testei as novidades X-box 360, Playstation 3 e Nintendo Wii, e não tive vontade de trocar o Playstation 2 por nenhum deles, acho que esse vai ser o meu último vídeo-game. 
Apesar da semelhanças entre o vídeo-game e o casamento, também dá pra notar uma grande diferença entre as duas coisas, é que pro vídeo-game você chama todos os amigos pra jogar com você. Já no casamento...

2 comentários:

  1. - O que te impede de cchamar os amigos pra se divertir em seu casamento?? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Ah se divertir em meu casamento não tem problema, não podem se divertir com minha mulher. kkkkkkkkkk'

    ResponderExcluir